31/01/2014

Bolo de Sorvete com Merengue e Raspas de Chocolate


O nome da receita é longo, mas eu garanto que para prepará-la você vai precisar de apenas 4 ingredientes, pouquíssimo tempo e quase nenhum trabalho. E o sabor é surpreendente! Claro, gente, a receita é da Nigella!
Assistindo ao programa Nigellíssima no canal GNT, fui arrebatada por essa receita e logo tratei de arrumar uma desculpa para testá-la. Na primeira vez, siga a receita à risca. Entretanto desta vez, ousei fazer pequenas alterações, que agradaram ainda mais o meu paladar.
Vou compartilhar com vocês a receita original, porém colocarei as alterações/comentários de como fiz, ok?
Com todo esse calor, vale muito a pena testar essa delícia!
Bolo de Sorvete com Merengue e Raspas de Chocolate

Receita DAQUI

300ml de creme de leite fresco
30g de chocolate amargo 70% de cacau - (usei 200g de chocolate belga meio amargo)
01 colher (sopa) de rum (ou licor de café) - (usei essência e amarula)
100g de merengue (suspiro comprado pronto ou caseiro, como você preferir)
250g de framboesas (opcional - para servir/decorar, mas você pode usar a fruta de sua preferência ou a da época)
Preparo
1. Bata o creme de leite até engrossar, mas não deixe ficar duro. (você pode usar um fouet ou a batedeira elétrica em velocidade baixa, para não perder o ponto)
2. Acrescente o rum (no meu caso acrescentei a amarula) e volte a bater.

3. Pique o chocolate em pedaços (não rale, ou não perceberá o sabor) e acrescente na mistura do creme de leite. Misture tudo muito bem até perceber que o creme de leite envolveu por completo os pedaços de chocolate.

4. Em seguida, coloque os suspiros amassados com as próprias mãos. Misture tudo delicadamente para não amassar demais os suspiros.

5. Forre uma forma de bolo inglês com filme plástico PVC, deixando sobrar nas pontas para poder retirar o bolo mais facilmente da forma depois de pronto.

6. Verta a mistura sobre o plástico, espalhando-a muito bem na forma.

6. Leve ao congelador por 1 dia.

Calda de Chocolate
250ml de creme de leite
125g de chocolate amargo picado (no mínimo 70% de cacau)
2 colheres (sopa) de rum (ou licor de café) - (não usei)
2 colheres (sopa) de glucose de milho

Preparo
Em fogo brando, derreta parte do chocolate sem deixar de mexer. Quando estiver quase todo derretido, coloque o creme de leite e tire do fogo. Adicione o rum e volte a mexer. Reserve.

Para Servir
Corte o bolo em fatias, coloque as framboesas em cima e cubra com a calda de chocolate.

Ficou com dúvidas quanto ao ponto certo do creme de leite? Então assista ao vídeo clicando AQUI, que a própria Nigella te ensinará como fazer! Enjoy it! ;-)
Beijocas e um final de semana refrescante pra vc! ;-)
Cintya Maria

29/01/2014

Risoto de Queijos e Abobrinha


Queria uma refeição de fácil execução porém com sabor especial. Não queria massas, pois não sou muito fã de molhos quando está calor,e também não queria carnes porque acho a digestão muito pesado e como consequência, ficamos mais lentos após a refeição. Esses foram meus critérios para escolher o cardápio do almoço. Optei pelo risoto, que na minha opinião é um prato que não precisa de acompanhamentos, como uma carne por exemplo, para mim um bom risoto e uma salada já me bastam.
Os ingredientes usei desta vez, foram os que estavam disponíveis em minha geladeira. Para a execução, consultei o meu amado livrinho e o resultado foi o de sempre: divino! (claro que, para quem gosta desses ingredientes).

Risoto de Queijos & Abobrinha
Receita levemente alterada do livro Atelier de Receitas (pág.49)
Para 02 pessoas

01 tablete de caldo de legumes
01 colh. (sopa) de manteiga sem sal
01 dente de alho picado
03 colh. (sopa) de cebola picadinha
3/4 xíc. (chá) arroz arbóreo (usei o carnaroli)
1/3 xíc. (chá) de vinho branco seco
01 pitada de noz moscada
1/3 xíc. (chá) de abobrinha picada em pedaços pequenos
1/2 xíc. (chá) de parmesão ralado
1/3 xíc. (chá) de gorgonzola picado
02 colh. (sopa) de cebolinha para salpicar ao final da receita (usei a ciboulette)

Preparo
1. Aqueça 04 xícaras (chá) de água em uma panela grande e dissolva o tablete do caldo de legumes. Mantenha essa água aquecida durante todo o preparo do risoto, porém não deixe a água ferver, use fogo baixo.
2. Em uma panela de fundo grosso, junte a manteiga, a cebola e o alho. Refogue por alguns segundos e adicione o arroz. Mexa bem e acrescente o vinho.
3. Assim que o vinho secar, acrescente o caldo de legumes quente, aos poucos, mexendo sempre. Eu  faço assim: espero uns 90% do vinho secar e acrescento de início 2 conchas do caldo de legumes. Fico mexendo e quando percebo que o caldo está acabando, adiciono mais, pois o risoto nunca deve ficar seco na panela.
4. Polvilhe a noz moscada e no meio do cozimento (quando você já tiver colocado metade do caldo), acrescente a abobrinha.
5. Quando perceber que o arroz está macio (prove um pouquinho para sentir a textura) e com um pouco de líquido, acrescente os queijos e misture até derreterem por completo e o risoto ficar cremoso.
6. Polvilhe a cebolinha e sirva imediatamente.

Bom apetite!
Beijocas,
Cintya Maria

24/01/2014

Um Bolo Zebra para o aniversário do blog (que é amanhã!)



1.095 dias se passaram e o terceiro aniversário do blog chegou!
Foram tantas receitas, comentários carinhosos e amizades que nasceram desse convívio diário... E eu só posso é me sentir extremamente feliz por tudo o que este cantinho tem me proporcionado. Agradeço especialmente à você, que sempre acha um tempinho para me visitar.
Saiba que faço de tudo para a minha cozinha virtual ser um espaço agradável e aconchegante, como o de uma cozinha de mãe ou vó, dessas que a gente nunca quer sair...
E a cada novo post que preparo, nele deposito todo o meu carinho e dedicação. Me preocupo com cada detalhe: a escolha da receita, os melhores ângulos das fotos, os utensílios... enfim, tudo escolhido com muito amor, pois vocês merecem!
E hoje, após esses 3 anos, posso dizer que continuarei aqui vestindo o meu avental e empunhando o meu fouet, em busca de receitas novas ou mesmo até aquelas tradicionais, dos antigos caderninhos de receitas, que nos remetem à lugares memoráveis e nos trazem grandes recordações.
Acredito que cozinhar é um ato de amor, um gesto de carinho, o qual nos proporciona resgatar lembranças e saciar a alma. É um prazer degustar o alimento e os momentos que o acompanham. O que seriam das refeições se nós as fizéssemos sempre sozinhos? Para alguns, tristes momentos de deglutição. Para mim, um simples ato de fornecer energia (ou calorias) necessárias para o funcionamento do meu corpo.
Qual seria a graça de fazer uma torta esplêndida e não poder compartilhar com ninguém? Não vejo nenhuma graça nisso. Prefiro assim: cozinhar, dividir, postar e gritar aos quatro ventos que o meu suflê não murchou, que acertei o ponto da calda ou que fiz, pela enésima vez aquele rocambole que meu marido tanto gosta. Pois quem partilha, multiplica.
Que neste dia todas as suas alegrias se multipliquem e suas tristezas sejam subtraídas, afinal hoje é dia de celebrar!
Por essa razão, trago para vocês um bolo simples, mas não menos delicioso, que há tempos queria fazer: o Zebra Bundt Cake. A receita veio do blog Bakers Royale, do qual sou admiradora e leitora assídua. Sugiro que acessem, pois além de receitas sensacionais, as fotos são verdadeiras pinturas.

Bolo Zebra

Ingredientes para o Bolo
3 xíc. de farinha de trigo
2 colh. (chá) de fermento em pó para bolos
½ colh. (chá) de sal
2 ½ xíc. (chá) de açúcar refinado
½ xíc. (chá) de cacau em pó
6 colh. (sopa) de água
1 ½ xíc. (chá) de manteiga sem sal derretida (derreta-a e deixe esfriar)
1 ½ colh. (chá) de essência de baunilha
5 ovos grandes
½ xíc. (chá) de leite integral

Ingredientes para a Cobertura
170g de chocolate meio amargo (picado)
⅔ xíc. (chá) de creme de leite (usei de caixinha)

Preparo do Bolo
Unte e enfarinhe um forma para bolo. (a minha tem 23 cm)
Preaqueça o forno (180° C)
1. Em uma tigela, peneire  a farinha de trigo, o fermento e o sal. Reserve.
2. Em outra tigela, adicione apenas ½ xícara (chá) de açúcar, o cacau em pó a água e misture tudo até ficar homogêneo. Reserve.
3. Numa tigela grande, adicione a manteiga derretida e o açúcar. Bata em velocidade média por aproximadamente 1 minuto. Acrescente a baunilha e bata até ficar bem misturado. Adicione os ovos, um por vez, batendo bem a cada adição. Quando todos os ovos tiverem sido adicionados, bata a mistura até ficar leve e clara (parecida com uma massa de panqueca, porém mais fina).
4. Com a batedeira em baixa velocidade, acrescente a mistura feita com a farinha de trigo aos poucos, alternando com o leite. Bata apenas até perceber que está tudo homogêneo.
5. Adicione 2 xícaras (chá) da massa branca na tigela da mistura feita com o cacau e bata bem. (essa será a massa escura).

Criando o efeito Zebra
1. Para criar o efeito zebra no bolo, utilize uma concha para sorvete ou uma colher de sopa, que foi o que eu fiz. Coloque na forma untada, 2 colheradas da massa branca, uma em cima da outra. Sobre ela, coloque apenas 1 colherada da massa de chocolate, como nas fotos abaixo:
2.Repita esse passo até terminarem as massas ou a forma estiver cheia. No meu caso, eu parei quando a massa branca acabou. Com o restante da massa de chocolate, fiz bolinhos individuais (renderam 4 unidades, na forminha 0).
3. Antes de levar ao forno, bata a forma para nivelar a massa, mas tome cuidado para não estragar o efeito zebra.
4. Asse o bolo por aproximadamente 50 - 60 minutos, mas fique de olho e faça o teste do palito para saber se o seu bolo está assado.
5. Depois de pronto, deixe o bolo descansar em uma grade por 15 minutos. Depois, inverta o bolo sobre a grade e deixe-o esfriar pro completo.
6. Para desenformar, passe uma faca em toda a volta do bolo para desprendê-lo vire-o sobre um prato.




Preparo da Cobertura
1. Coloque o chocolate meio amargo em um refratário e leve ao micro-ondas, em potência média por 30 segundos. Repita o processo até que o chocolate esteja bem derretido.
2. Verta o creme de leite sobre o chocolate derretido e mexa vigorosamente até obter uma mistura homogênea e brilhante. Deixe esfriar antes de cobrir o bolo.
3. Cubra o bolo como preferir, usando as costas de uma colher.

Preparados para degustar essa delícia? Eu já comecei! Vem buscar sua fatia...

Um grande beijo à todos e muito obrigada por esses 3 anos!
Cintya Maria

23/01/2014

Brownie Duplo de Chocolate e Avelã


Sabe quando o universo conspira para as coisas darem certo? Então, a escolha dessa receita foi assim.
Lá na minha página do Facebook, eu havia comentado sobre o livro que comprei Loucuras de Chocolate, escrito pela talentosa Simone Izumi, autora do Blog Chocolatria e proprietária da Divas Chocolates.
Devo dizer que fiquei extremamente satisfeita com a compra, pois o livro é sensacional e traz receitas maravilhosas, como eu havia imaginado.
A árdua tarefa foi a de escolher a primeira receita a ser testada. Cada dia queria fazer uma coisa: um dia escolhia a receita do cupcake, já no outro escolhia um flan e assim fui mudando de opinião sucessivamente. Até que acabei separando duas, ambas de brownie, pelo simples motivo do meu primeiro e único brownie  testado ter sido um fiasco. Sim, fui capaz de errar em um brownie, uma receita de execução tão fácil...
E onde é que entra a conspiração nessa estória? Pois bem, vou explicar.
Churrasco marcado com casais de amigos, cada um levaria algo e a sobremesa ficou para mim (dentre outras coisas também). Claro que fiquei feliz e no momento em que fui incumbida de tal responsabilidade, comecei a pensar no que faria e, de repente, me veio um pedido: se você fizer um brownie eu levo o sorvete! Foi o que bastou para a escolha do que faria! Li calmamente ambas receitas e vi que só poderia preparar uma delas, devido aos ingredientes disponíveis em meu armário.
Trabalhei durante o dia, contando as horas para a chegada da noite, quando eu finalmente testaria a receita. O bolo de fácil execução, terminou de assar por volta das 23h e eu não pude prová-lo no mesmo dia, pois ele precisaria esfriar. Guardei então minha ansiedade para o dia seguinte. E tamanha foi a sensação de prazer já na primeira mordida. Resultado: um brownie extremamente úmido e envolvente, com uma leve crocância das avelãs... perfeito! Super recomendo!!!
Brownie Duplo de Chocolate e Avelã
Receita do livro Loucuras de Chocolate (pág. 222)
Rendimento: 1 assadeira 20 x 30 cm

150g de manteiga sem sal
250g de chocolate meio amargo picado em pedaços pequenos (usei da Callebaut)
4 ovos extra
150g de açúcar refinado
100g de açúcar mascavo
1/2 colh. (chá) de sal
Baunilha a gosto (usei 1/2 colher de sopa)
150g de farinha de trigo
180g de chocolate ao leite picado (eu piquei grosseiramente)
60g de avelãs tostadas e grosseiramente picadas

Preparo
1. Preaqueça o forno (180°C).
2. Forre uma assadeira (20 x 30 cm) com papel alumínio (pode ser papel manteiga também), deixando sobrar nas laterais, para facilitar na hora de desenformar o bolo.
3. Em um recipiente refratário, junte a manteiga e o chocolate meio amargo e os deixe por cerca de 3 minutos na potência média do micro-ondas, ou até que estejam derretidos. Misture bem e reserve.
4. E uma tigela grande, bata os ovos e os açúcares até obter uma consistência cremosa.
5. Junte o sal, a mistura do chocolate  e a baunilha.
6. Adicione gradualmente a farinha de trigo, batendo em velocidade baixa.
7. Por último, acrescente os pedaços de chocolate ao leite e as avelãs.
8. Despeje a mistura na assadeira preparada e leve para assar por cerca de 30 minutos, até firmar.
9. Deixe o brownie esfriar por completo e só então retire-o da forma. (se tentar fazer isso antes, o brownie quebrará!)

Dicas
* Cuidado com o ponto! O interior do brownie deve estar bem pegajoso e molinho ao fazer o teste do palito, ok? Dessa forma, quando o brownie esfriar ele continuará cremoso.
* Caso queira acelerar o processo de esfriamento porque você está faminta e quer comer logo, depois de frio, deixe o brownie no freezer por 10 minutos. Isto facilitará na hora de desenformá-lo.
* Sirva em temperatura ambiente acompanhado de uma bola de sorvete.
Olha só como ele fica por dentro... da até para ver os dois tipos de chocolate, no pedaço à esquerda. O chocolate mais escuro é o meio amargo e a parte mais clara (exceto a casquinha) é o chocolate ao leite... Gostou?

E eu desejo que o seu dia seja assim: doce como um brownie! =)

Beijocas,
Cintya Maria

PS: me apaixonei por essa receita!

17/01/2014

Batata-frita de forno crocante e sequinha

Esta receita é para você que, apesar de ter se esbaldado de tanto comer nas festas de fim de ano, não abre mão de gordices, assim como eu.
E para amenizar o peso na consciência, ao invés de fazermos batata-frita mergulhada no óleo e cheia de colesterol, podemos obter a mesma crocância se a fizermos no forno. Duvida? Eu também duvidava até testar.
Passeando por alguns canais, acabei escolhendo um no qual estava passando um programa de culinária (por que será??? rs). O que me chamou a atenção é que a loira que o comandava eu não a conhecia, por isso resolvi ver o que ela iria fazer. A chef, uma neozelandesa, chamada Annabel Langbein, estava preparando receitas bastante interessantes, apetitosas e práticas. Tudo o que eu mais gosto!
E eis que ela anuncia a tal da batata-frita de forno crocante! Ao vê-la experimentando, pude escutar o barulhinho crocante da batata e isso foi suficiente para me convencer à testar a receita.
O primeiro teste foi feito no ano passado e, tanto meu marido quanto eu aprovamos, porém o sucesso foi tanto que nem deu tempo de fotografar. =P
Pois bem, devido ao calor extremo dos últimos dias, estamos evitando carnes para acompanhar o arroz e feijão de todo dia. Temos optado por saladas e legumes, os quais são mais rápidos em sua digestão e mais saudáveis. Obviamente também estamos querendo nos livrar dos quilos extras que o Papai Noel nos trouxe. (Não me lembro de ter pedido esse presente =P mas, c'est la vie!) Por esses motivos, reproduzi novamente essa deliciosa versão e desta vez, antes que as belezinhas sumissem do prato, corri fotografá-las. =D

Batata-frita de Forno Crocante
Receita DAQUI

8 batatas
1/4 de xícara de farinha de trigo
3 colh. (sopa) de azeite
Sal a gosto (usei flor de sal)

Preparo
1. Descasque 8 batatas e corte-as em formato de palito.
2. Despeje-as em uma travessa e salpique, com a ajuda de uma peneira, 1/4 de xícara farinha, até que todas ficarem cobertas.
3. Regue-as com azeite e depois espalhe as batatas em uma única camada.
4. Em seguida, coloque um pouco de sal (a gosto) e leve ao forno.
5. Deixe as batatas assarem (220°C), por cerca de 1 hora, até ficarem douradas.


Dica
Adicione ervas a gosto e obtenha um petisco saudável e irresistível. (sugestão: orégano, alecrim, pimenta calabresa, ervas-finas etc).
Sirva com catchup (de preferência caseiro) ou com qualquer molho de sua preferência.

Beijocas,
Cintya Maria



15/01/2014

Roscas com Maçã e Castanhas


Em alguma postagem eu já devo ter comentado que eu adoro pão caseiro, não?
E como tantas outras coisas que adoro, tenho em mente, e às vezes salvo na minha pasta de receitas do meu computador, muitas receitas de pães que ainda irei testar. Outras, eu simplesmente me lembro do sabor e a partir daí tento encontrar algo semelhante.
Desta vez, o que eu queria era uma receita de pão doce com recheio de maçã, pois na minha infância, eu comia um pãozinho extremamente macio, parecia uma bisnaguinha, e tinha um recheio cremosinho de maçã. Sim, cremoso, mas não era geleia e nem creme de confeiteiro com pedaços de maçã... Era uma delícia! A padaria que o fazia era em Itu, cidade vizinha de Salto, e ela ainda existe, porém não faz mais o tal pãozinho, para minha tristeza. E lá vamos nós mais uma vez testar uma receita e ver o resultado.
Fui decidida para a cozinha, com meu livro de pães em mãos e o avental na cintura. Receita escolhida, separei os ingredientes e quando comecei executá-la, mudei de ideia. Resolvi fazer a do livro, com algumas adaptações, porque eu não tinha todos os ingredientes.
Resultado: fiquei sem meu pãozinho com recheio cremoso, mas obtive rosquinhas sensacionais!
Missão cumprida! (quase, pois ainda vou tentar achar a outra receita. aguardem!)
Roscas com Maçã e Castanhas
Receita do livro 200 receitas de pães tentadores (p. 142)

Massa
02 ovos batidos
175 ml de leite (usei o integral)
02 colh. (sopa) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1/2 colh. (chá) de sal
500g de farinha de trigo
50g de açúcar
1 e 1/4 de colh. (chá) de fermento biológico seco instantâneo (tipo Fermix)

Preparo da Massa na MFP
1. Retire a forma da máquina e encaixe a pá de sovar.
2. Coloque os ingredientes da massa, seguindo a ordem acima.
3. Encaixe a forma no aparelho e feche a tampa.
4. Selecione o programa Massa. (o da minha MFP leva 1h30)

Enquanto a massa está sendo preparada na MFP, prepare o recheio. ;-)

Recheio
400g de maçã fuji ou gala
01 colh. (sopa) de suco de limão
02 colh. (sopa) de água filtrada
50g de açúcar
150g de frutas castanhas (usei 80% de amêndoas e 20% de castanha-do-Pará)

Preparo do Recheio
1. Descasque e tire os caroços das maçãs e corte-as em cubos pequenos.
2. Em uma panela pequena, coloque as maçãs, o suco de limão, a água, o açúcar e as frutas secas.
3. Tampe e cozinhe em fogo baixo por 5 minutos, até as frutas começarem a ficar macias.
4. Destampe e cozinhe por aproximadamente 3 à 5 minutos, até o líquido evaporar e as maçãs estarem bem macias e as frutas secas inchadas.
5. Deixe esfriar e reserve.

Montagem das Roscas
1. Abra a massa em um retângulo de aproximadamente 38cm x 30cm.
2. Espalhe o recheio no centro da massa, deixando uma borda de 2cm livre em todo o retângulo.
3. Enrole-a começando pelo lado mais longo.
4. Corte a massa em 12 fatias grossas.
5. Unte e enfarinhe uma forma (de +/- 30cm x 20cm) e acomode as fatias dentro dela.
6. Cubra com filme de PVC e deixe dobrar de tamanho.
7. Asse em forno pré-aquecido (200°C) por 20 - 25 min, até as roscas estarem douradas.
Acabamento
02 colh. (sopa) de açúcar
4 colh. (sopa) de leite

Preparo do Acabamento
1. Aqueça o açúcar com o leite até dissolver.
2. Ferva por 1 minuto e pincele sobre a rosca ainda quente.
Espero que tenham gostado!

Beijocas,
Cintya Maria

13/01/2014

Espaguete ao molho rosé, com champignon, manjericão, brócolis e azeitonas

Sabe quando bate aquela vontade de comer algo específico?
Então, tive isso na semana passada!... ou melhor, vira e mexe sou acometida por esse probleminha rsrs.
Sei que estamos com as temperaturas nas alturas e que massas, molhos e afins são mais adequados para o verão, certo? Errado! Acho que não existe época para comer as coisas, no meu caso, apenas satisfaço as minhas vontades, quando possível, independentemente da comida ser apropriada para a tal estação. Claro que quando estamos no verão, sinto vontade de pratos leves e gelados, pelo simples fato de depois de ingerí-los, me sentir bem. Mas, se me bater uma vontade de feijoada, o que é algo raro, por que não comê-la?
Essa foi a minha justificativa para preparar esse macarrão, o qual resultou numa combinação bastante gostosa e elogiada pelo marido, que não é lá muito fã de molho rosé.

Espaguete ao molho rosé com champignon, manjericão, brócolis e azeitonas

02 colh. (sopa) de azeite
1/2 colh. (sopa) de alho picadinho
01 cebola média picadinha
06 tomates maduros (de preferência o italiano) batidos no liquidificador
01 lata de tomates pelados
01 colh. (café) de açúcar
01 caixinha de molho branco (usei o da Mococa, que ganhei no Encontro Gourmet2)
03 colh. (sopa) de champignon fatiado
06 bouquets de brócolis cozidos (eu geralmente uso os congelados por serem mais práticos)
20 folhas de manjericão
03 colh. (sopa) de azeitonas pretas fatiadas
Sal e orégano a gosto

Preparo do Molho Rosé
1. Aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho.
2. Adicione os tomates batidos e os pelados, o açúcar e cozinhe por 15 minutos em fogo baixo.
3. Acrescente o molho branco, o champignon, o brócolis, o manjericão, as azeitonas e o orégano. Cozinhe por mais 5 minutos.
4. Salgue aos poucos, lembrando que a azeitona já altera o sabor do molho, por isso cuidado ao adicionar o sal.

Preparo da Massa
1. Enquanto prepara o molho, em uma panela grande, coloque a água para ferver.
2. Quando levantar fervura, coloque a massa para cozinhar, seguindo as instruções do pacote, pois cada massa leva um tempo para cozinhar.
3. Depois de cozida, escorra a água do macarrão e reserve.

Montagem
1. Em um recipiente refratário, coloque um pouco de molho no fundo, adicione o macarrão e cubra com mais molho.
2. Decore com folhas frescas de manjericão.

E aí está, uma massa com um preparo super simples e saboroso! Espero que gostem! =D

Beijocas,
Cintya Maria

10/01/2014

Feliz Ano Novo!!!



Olá pessoal!!!
Finalmente estou de volta à essa cozinha! Já estava com saudades.
Bom antes de mais nada, gostaria de lhes desejar um Ano Novo excepcional para todos, repleto de muitas bençãos, paz, harmonia e união!!!
Quero também agradecer imensamente àqueles que passaram por aqui e gastaram um pouquinho do seu tempo para deixar um recadinho carinhoso com votos de boas festas. Muito obrigada! Fiquei muito feliz com suas palavras e peço desculpas por não ter conseguido responder à todos individualmente, pois Dezembro foi bem corrido para mim, devido à produção e venda dos produtos de Natal. Trabalhei até na véspera (ufa!), para dar conta das entregas.
Cansada e contente, foi assim que passei o Natal! =D
Depois de toda correria, prometi à mim mesma que me desconectaria  de tudo e assim o fiz. Tirei uma mini -férias do blog, dos meus e-mails (tenho 3), do Facebook... enfim, da Internet. Aproveitei cada minuto junto da minha família: altos papos, bons filmes, muita comida, sol e piscina. Ah! E uns "bons drinks" também, que ninguém é de ferro...hahaha...
E no dia 06/01 voltei ao trabalho! É... vida de professora autônoma é assim: se não trabalhar, não ganha. Então, dá-lhe curso intensivo de férias!
Pois bem, hoje não trago nenhuma receita, quis apenas inaugurar as postagens de 2014 com um texto que eu gosto muito, acredito até que vocês já devam ter visto por aí, mas vale a pena refletir e fazer um ano realmente novo... Estes são os meus votos para vocês... <3

FELIZ 2014!!!

Beijocas,
Cintya Maria
***
ASSIM MESMO
Madre Teresa de Calcutá

Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.
Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.
Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.
Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.
Seja honesto assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.
Construa assim mesmo.

Se você tem Paz e é Feliz, as pessoas podem sentir inveja.
Seja Feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.
Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja que, no final das contas, é entre você e DEUS.

Nunca foi entre você e as outras pessoas.

***