30/06/2016

Ciranda de Receitas - Biscoitinhos de Canela

Olá pessoal!!!
A semana está corrida... o tempo está voando!
E eu só percebo essa correria louca quando chega a quinta-feira, dia de mais uma Ciranda de Receitas, ô coisa boa!!! (para entender o que é a Ciranda de Receitas, clique aqui).
A cada semana que passa, somos presenteadas com  novas participantes, só gente querida e de grande talento na cozinha! A nossa roda está aumentando... e tantas delícias estão sendo postadas! Vocês estão gostando? Eu estou amando participar!!!
Desta vez, o meu par é uma pessoa que ainda não conheci pessoalmente, e espero que um dia eu tenha esta chance. Hoje, nesta cozinha, apresento-lhes a Ana Paula, do blog Conversando e Cozinhando.
Virtualmente eu já conhecia a Ana, pois eu já seguia e admirava o perfil dela no Instagram. E eis que agora, vamos cirandar juntas!Uma enorme satisfação e um privilégio receber a visita da Ana por aqui.
Como de costume, antes da receita, vou conversar mais um pouquinho com vocês e dividir como foi a execução desse post.
Confesso que, devido à minha rotina um tanto puxada, só consegui enviar a minha receita para o blog da Ana ontem à noite, quarta-feira, véspera da Ciranda. Deixei um prazo muito curto para que ela preparasse o post, infelizmente. Enviei o e-mail, jantei e logo depois fui dormir, sem checar se a Ana havia respondido e enviado a receita dela para o blog. Pois bem, fui para o trabalho na manhã seguinte (ou seja, hoje, quinta-feira) e quase morri de curiosidade, imaginando a receita que a Ana tivesse me enviado. Sim fiquei apenas imaginando, pois não posso acessar sites/emails pessoais no trabalho. Para minha grata surpresa, na pausa para meu almoço abri o email e lá estava a receita: a Ana havia me presenteado com algo que gosto muuuuuiiito: biscoitinhos! Tenho paixão por biscoitinhos caseiros!!! Sintonia? Acredito que sim! =)
Volto para o trabalho e espero o relógio marcar 17h para ir para casa e só assim escrever o post após as minhas aulas particulares! Ufa! Better late than never, ops, já não estou mais na aula, então posso falar Português...rsrs... traduzindo, "antes tarde do que nunca" (para quem não entendeu a brincadeira, escrevi em inglês porque sou professora de inglês, ok? rsrs)
E agora, cá estou eu escrevendo este post (tardio) para dividir com vocês essa receita divina! Afinal, ainda é quinta-feira e as receitas da Ciranda devem ser postadas neste dia! (tenho apenas mais 3 horas para terminar este post ou então será sexta-feira kkkk... Bora!)
Então, chega de conversa e vamos à receita:
Biscoitinhos de Canela
Receita do Blog Conversando e Cozinhando (link AQUI)

Ingredientes
100 gs de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1/2 xícara (chá) de açúcar
1 colher (sobremesa) de canela em pó
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (café) de fermento em pó
1 ovo

Modo de preparo
Em um recipiente, misture a manteiga o açúcar e a canela até obter um creme (na minha opinião, o ovo entraria aqui neste momento, junto com esses ingredientes). Em seguida, adicione a farinha de trigo e sove até obter uma homogênea (foi aqui que eu notei algo estranho, ao invés de estar homogêneo eu tinha meio que uma farofa, e então resolvi acrescentar o ovo. Mas na minha opinião, ele entraria antes, lá atrás junto com a manteiga). Cubra a massa com papel filme e leve-a à geladeira por cerca de 30 minutos. Então faça rolinhos de 5 cm de diâmetro, corte pequenos pedaços e amasse-os levemente com um garfo (eu sou a favor do; molde-os como preferir. No meu caso, eu não fiz esses rolinhos. Usei uma colher de chá, e com ela fui pegando pequenas porções de massa e fazendo bolinhas, colocando na assadeira untada com manteiga e papel manteiga, em seguida, eu dava uma leve pressionada com o dedo, só pra abaixar um pouquinho).Por fim, leve-os para assar em forno pré aquecido em temperatura média por 15 minutos a 20 minutos ou até que eles estejam levemente dourados.

Gostaram da receita? Espero que sim! Esses biscoitinhos são perfeitos para desde um café-da-manhã, como para um lanchinho à tarde.
E para saber o que as outras "cirandeiras" postaram, é só clicar nos links abaixo dos blogs participantes da Ciranda de Receitas. Não deixem de visitar essas outras cozinhas! ;-)


Beijocas e um ótimo restinho de semana pra vocês!
Cintya Maria

23/06/2016

Ciranda de Receitas - Cebola roxa com mel e mostarda

Bom diaaaa!
Que felicidade!!! A quinta-feira chegou e hoje é dia de Ciranda de Receitas (para entender um pouco mais dessa ciranda, clique AQUI), claro!
Apenas relembrando, à cada rodada da Ciranda, somos sorteadas para formar um par, e assim trocamos a receita. Desta vez, o meu par é a Catarina do blog Ohh Céuss. Assim que recebi o e-mail da Catarina, com a receita e as fotos, fiquei literalmente salivando! Então, acredito que isso se repetirá com vocês...rs
Antes da receita, vou lhes apresentar a Catarina.
Eu a conheci na casa da Angela, do blog Ora Pitangas, em um encontrinho no ano passado. Era uma festa, cujo tema escolhido foi Halloween. A Catarina, estava 100% no clima, com fantasia e tudo! Só por aí já deu para ter uma ideia de como ela era animada! E que pessoa bacana!!! Super mega blaster alto astral! Além da simpatia contagiante, o que eu posso dizer sobre os docinhos que ela preparou? Todos um mimo! Apresentação impecável, sem fugir do tema e o sabor...meodeossss magnífico! Já era hora mesmo de ela dividir suas delícias com a blogsfera, ainda bem que ela resolveu criar um blog, pois assim poderemos conhecer e provar suas delícias!

E o que teremos no cardápio desta quinta?
A delícia de hoje é salgada, um acompanhamento m-a-r-a! Sabe aquela receita que acompanha uma carne, uma salada ou serve de topping para uma simples torrada? Pois bem, se era isso que você procurava, você achou!

Ah! E Catarina nos enviou uma receita i-n-é-d-i-t-a para o blog. Olha só que privilégio!!!
Então, vamos para a cozinha!
Cebola roxa com mel e mostarda
Receita da Catarina, blog Ohh céuss

Ingredientes
4 cebolas roxas grandes
1/2 xícara de mel
1/2 xícara de mostarda 
1/2 xícara de de cebolete
1/2 xícara de de azeite
Sal e pimenta a gosto

Preparo
  • Junte o mel e a mostarda e misture bem com o auxílio de um fouet. 
  • Corte as cebolas em fatias finas (uso o mandolim) e coloque num escorredor de macarrão. Banhe as cebolas com 3 litros de água fervente.
  • Escorra bem e passe para uma tigela.
  • Tempere ainda quente com o mel e a mostarda, sal e pimenta e o azeite. Deixe esfriar um pouco e acrescente a cebolete picadinha, para que ela fique "viva".
  • Sirva como acompanhamento de saladas ou carne suína assada.
Cintya Maria

16/06/2016

Ciranda de Receitas - Pão Funcional

Quinta-feira, dia de Ciranda de Receitas.
Nesta terceira rodada do Ciranda, visitando a minha cozinha, tenho a honra de receber a Angela, do delicioso Ora Pitangas.
Antes de irmos direto ao assunto, digo receita, vou contar para vocês como conheci a Angela.
Passeando pelo mundo dos blogs, um dia cheguei à cozinha da querida Angela. Eu estava à procura de um bolo de nozes ou uma receita que usasse tal ingrediente. Pois bem, encontrei não só uma mais inúmeras deliciosas receitas... fiquei passeando pela cozinha dela encantada com tantas delícias!... E assim, comecei acompanhá-la.
Eis que no ano de 2012 (se não me engano), participando de um dos workshops no Encontro Gourmet, estava eu em companhia da Gina do blog NacoZinha e ela estava com uma amiga, a qual ela chamava de Angela. Eu, lerda que sou, não liguei o nome ao blog, mas eis que a "ficha cai" e pergunto: Não creio! Você é Angela do Ora Pitangas??? E ela, com um sorriso largo no rosto, me respondeu que sim! Fiquei muito, mas muito feliz em conhecê-la, pois as blogueiras mais experientes a gente admira e se espelha e, quando temos a oportunidade de conhecê-las, é sempre uma grande alegria! Comigo foi assim, nem sei se ela sabe, acho que nunca contei!
Depois disso, nasceu uma amizade e o carinho e a minha admiração por ela só aumentaram!!!
Preciso dizer que ela é uma cozinheira de "mão cheia"? Ou melhor, devo afirmar que ela tem mãos de fada, isso sim!
Bem, não sei se todos sabem, mas a Angela nutre uma paixão por fazer pães caseiros. Dessa arte ela domina! E como domina! Já tive o prazer de provar alguns de seus pães... uma tentação!
E para a nossa alegria, hoje ela nos presenteia com um de seus deliciosos pães!

Algumas palavrinhas da Angela... " é um enorme prazer estar na cozinha da minha querida Cintya, nutro uma enorme admiração pelo trabalho desta blogueira talentosa!
o pão de hoje apesar de simples, tem vários ingredientes que poderão ser suprimidos conforme o paladar de cada um, porém se você é da turma que gosta de um pão funcional e cheio de sabores recomendo esta receita"

Pessoal, vocês não podem perder essa receita, perfeita para um café da tarde ou da manhã! Vamos anotar?

Pão Funcional

* Ingredientes *
2 colheres de sopa linhaça dourada
2 colheres de sopa linhaça preta
2 colheres de sopa de semente de girassol 
2 colheres de sopa de quinoa
2 colheres de sopa e cacau em pó
2 colheres de sopa de leite em pó
1 colher de sopa de sal
2 colheres de sobremesa de fermento biológico seco
4 colheres de açúcar mascavo
1-4 de xícara de aveia média
1-4 de xícara de farelo de trigo
1-4 de xícara de gérmen de trigo
1 xícara de farinha de trigo integral
3 xícaras de farinha de trigo branca ( aproximadamente)
500 ml de agua mineral
1-4 de xícara de óleo

* Preparo *
1) Misture todos os secos junto com as sementes, menos 1 xícara de farinha de trigo branca que deverá ficar reservada para a sova.
2) Em seguida faça uma cova e agregue o óleo misturado com a água, misture bem e inicie o processo de sova, agregando a xícara de farinha reservada, quando ficar uma massa homogênea, desgrudando das mãos, bolei ligeiramente e passe para um bowl polvilhado com farinha, cubra e deixe crescer, até dobrar de volume. depois deste tempo, abaixe a massa, para retirar o gás e bolei novamente, deixe que o glúten relaxe por uns 5 minutos e então comece moldar.
3) Com esta massa você poderá moldar pães maiores, neste dia optei por pãezinhos para sanduíches. Neste caso fiz assim, dividi a bola pela metade, bolei cada uma das metades, dividi cada metade em duas partes e cada uma das partes em quatro pedaços, ou seja 16 pedaços, bolei cada pedaço e coloquei na assadeira em quatro fileiras de 4 unidades, polvilhei farinha com o auxílio de uma peneira fina e fiz um pequeno corte em cada pão com a ponta da tesoura de cozinha, quando dobrou de volume, aproximadamente 45 minutos depois levei ao forno pré aquecido, na temperatura de 200 graus por aproximadamente 30 minutos.








Dicas da Angela:
  • Massas com sementes e farinhas mais secas que a farinha branca precisam de uma hidratação maior
  • A quantidade de farinha branca aparece aproximada por que depende muito da umidade externa e da qualidade da farinha
  • sempre recomendo uma farinha com proteína alta, leia nas informações na embalagem, acima de 6 já é bom
  • se você não tiver água mineral na mão, ferva um pouco mais de 500 ml, deixe esfriar completamente, meça novamente e empregue.
  • Água clorada mesmo que filtrada " atrasam" o fermento.
  • Préaqueça o seu forno sem medo, na temperatura mais alta, por uns 10 minutos, coloque o seu pão no forno e baixe para 200 graus, pão precisa de muito calor nos primeiros cinco minutos para ter um crescimento uniforme, entre abrir o forno e colocar a assadeira já existe uma perda de calor, por isto não se preocupe o seu forno não estará com excesso de calor mesmo que tenha ficado uns 10 minutos em 280 graus
Para mais dicas de panificação artesanal, acesse:


Para vocês, deixo esta deliciosa fatia...
Participação especial da "mão da Catarina", do blog Ohh Céuss rsrs...
Impossível não gostar, não é mesmo?

Como de costume, vou deixar os links dos blogs participantes no Ciranda de Receitas:

09/06/2016

Ciranda de Receitas - Risoto de calabresa, tomate seco e pimentão


Olá pessoal!!!!!!!! Como estão? Por aqui tudo ótimo e congelante rsrs... As temperaturas baixaram mesmo e a chuva deu uma trégua.

E a quinta-feira chegou, com mais uma rodada da Ciranda de Receitas. =)
Para aqueles que estão chegando hoje no blog, essa Ciranda foi uma iniciativa da Blogueira Lylia (do Blog Simples Assim), movimento cujo propósito é fazer uma troca de receitas entre cozinhas amigas. Para ler mais sobre esse movimento clique aqui.
Portanto será assim: toda quinta-feira teremos aqui a visita de uma blogueira-amiga trazendo a receita de uma de suas delícias.

Desta vez quem nos visita é a minha parceira de workshop, no 2° Encontro Gourmet (para relembrar o que aprontamos clique aqui e aqui): a Carla, do delicioso Brisando na Cozinha. A-d-o-r-o  essa menina! Ela chegou no EG um pouco tímida, mas logo se soltou. E não é difícil gostar dela, não gente! Simpática e "paiaça" ao extremo rsrs... Falando sério, uma menina de ouro, que cozinha pacas... Eu fico aqui só admirando as receitas salgadas... <3

Hoje ela nos presenteia com uma receita super apropriada para essa temperatura congelante que anda fazendo nestes dias: um risoto de calabresa, tomate seco e pimentão. Bom, quem me acompanha pelo Snapchat, já deve ter visto o quanto eu adoro um risoto, e a Carla veio nos presentear com essa combinação irresistível.
Sem mais delongas, vamos à receita:

Risoto de calabresa, tomate seco e pimentão
Receita do Brisando na Cozinha (link aqui)

2 xícaras de arroz arbóreo
3 gomos de calabresa fininha (usei linguiça de frango)
20ml de conhaque
3 colheres (sopa) de pimentões em conserva no azeite picados
1 cebola fatiada
1 dente de alho
1 xícara de tomate desidratado e picado
cerca de 2 litros de caldo da sua preferência pronto e quente (eu usei um de frango que eu tinha pronto)
uma pitada de páprica picante
manjericão rasgado com as mãos
3 colheres (sopa) de cebolinha picada
1 colher de manteiga
1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado
amêndoas tostadas para finalizar

Modo de preparo
Deixe o caldo bem quente em fogo baixo e em outra panela frite a calabresa cortada em rodelinhas finas, com um pouquinho de óleo. Assim que estiverem bem fritinhas, adicione o conhaque e flambe. Cuidado, hein! Assim que secar novamente, retire as calabresas e reserve-as.
Na mesma panela aqueça mais um pouquinho de óleo e refogue a cebola, o alho até dourarem um pouco, depois adicione os tomates desidratados picados (foi difícil picá-los com a faca, por isso usei uma tesoura para cortar! Lembrando que a tesoura é exclusiva da cozinha ok?). Misture um pouco e adicione o pimentão e a páprica picante.
(o fundo da panela ficou um grude e com aparência de queimado, mas não tem problema não, isso dá mais cor ao risoto! hehehe)
Logo em seguida já coloque o arroz arbóreo. Lembre-se que esse arroz não deve ser lavado, pois é do amido dele que precisamos para ter um risoto bem cremoso! Se lavá-lo parte do amido se vai com a água...
Daí em diante é aquele esqueminha do risoto, adiciona uma concha de caldo... mexe, mexe, mexe... assim que secar adiciona mais uma concha de caldo, mexe, mexe... e ir fazendo isso até que o arroz esteja cozido, levemente al dente. Por isso é importante não parar de mexer, e sempre ir colocando o caldo, ok? Não desgrude da panela! hehehe

Verifique se o arroz está na textura desejada, desligue o fogo, e adicione uma colher (sopa) de manteiga, e o parmesão.
Mexa até incorporar, volte as calabresinhas à panela, e também o manjericão e a cebolinha.
 
Para servir, eu tostei um pouco de lascas de amêndoas na frigideira e salpiquei por cima do risoto. DILIS!
Salivaram? Eu também... Uma ótima pedida para um almoço ou jantar, e até mesmo uma ótima sugestão (deliciosa e econômica) para o Dia dos Namorados que está chegando por aí, não é mesmo?

Agora, para ver a receita do Cozinhar é Preciso que está hoje na cozinha da Carla, acesse o blog dela: Brisando na Cozinha e vá buscar a sua sobremesa ideal para o Dia dos Namorados. Fácil e deliciosa! E muito "chocolatuda", claro rsrs...

E para acessar as receitas das outras blogueiras participantes do Ciranda de Receitas, seguem os links:

E não percam as próximas postagens do Ciranda de Receitas, toda quinta-feira! Aguardem!!!

Beijos,
Cintya Maria

PS: E como recordar é viver, deixo duas fotos do Encontro Gourmet, no workshop do Rap 10, onde estamos literalmente com a mão na massa rsrs... Saudades monstro! <3
Ai que sufoco! rsrs


02/06/2016

Bolo da Paixão - E a visita do blog Arte na Cozinha


Olá pessoal!!! Como vocês estão?
Eu só sei de uma coisa: estou com muitas saudades dessa minha cozinha!
Vamos começar com novidades? O Cozinhar é Preciso, à convite da queridíssima amiga Lylia (Blog Simples Assim) inaugura sua participação no movimento Ciranda de Receitas. Mas o que seria essa ciranda? As dez blogueiras de culinária participantes, são sorteadas em pares. Cada par é responsável por trocar receitas, assim como as "comadres" de antigamente faziam pessoalmente, nós faremos virtualmente. Eu publico a receita que minha parceira enviar e ela publicará a minha.
A minha parceira é também uma pessoa querida, a Flávia, do saboroso blog Arte na Cozinha.
Ela veio aqui nos visitar e trouxe esse bolo ma-ra-vi-lho-so, com um nome bem sugestivo para o Dia dos Namorados!
Vejam só o que a Flávia diz sobre esse bolo: logo de cara este bolo chamou minha atenção, não só pelo nome mas pelos ingredientes que eu achei ao mesmo tempo simples e interessantes. Em casa, todo mundo amou e logo logo vai ter que rolar um repeteco. O bolo é mega fofinho e super perfumado!

Vocês ainda duvidam que seja maravilhoso? Pois bem, vamos à receita! ;-)


Bolo da Paixão
Receita DAQUI

- 150 ml de óleo de girassol
- 175 gramas de açúcar mascavo 
- 3 ovos batidos
- 1/2 colher chá de canela em pó
- 1/2 colher chá de noz moscada ralada
- 150 gramas de cenouras raladas no ralo fino
- 1 banana amassada (utilizei prata)
- 50 gramas de nozes-pecãs picadas
- 250 gramas de farinha de trigo peneirada
- 1 col. sopa de fermento em pó


Cobertura:
- 160 gramas de cream cheese em temperatura ambiente
- 100 gramas de açúcar de confeiteiro
- raspas de 1/2 laranja
- 50 gramas de nozes-pecãs (opcional)


Preparo:
- Preaqueça o forno a 180º;
- Unte e forre com papel manteiga o fundo de uma forma funda;
- Bata bem todos os ingredientes do bolo com a ajuda de um fouet ou batedor na ordem acima;
- Coloque a massa na forma e asse por 45-50 minutos, até dourar ou passar pelo teste do palito;
- Deixe esfriar na forma por 10 minutos, desenforme e espere esfriar completamente;
- Bata na batedeira o cream cheese, o açúcar de confeiteiro e as raspas de laranja até que forme um creme claro e fofo;
- Espalhe a cobertura sobre o bolo frio e enfeite com as pecãs.


Rendimento: 12 pedaços
Tempo de preparo: 65 minutos
Grau de dificuldade: Fácil

Observação: a Flávia fez pecãs caramelizadas e você pode conferir como fazê-las clicando aqui. Mas caso queira, você pode colocar as nozes in natura ou ainda quebradinhas para dar um chame.

Gostaram? Se vocês quiserem conferir a participação das demais blogueiras, é só acessar os links abaixo:


Beijos e até o próximo post!
Cintya Maria